Novidades do Espaço ExteriorAntena
 Ano II - Nº 58

Resultados da Odyssey superam expectativas
NASA/JPL - 1 de março de 2002

Dados coletados pela sonda Mars Odyssey (Odisséia em Marte), que recentemente começou sua missão de mapeamento da superfície de Marte animam os cientistas e superam todas as expectativas. As primeiras imagens térmicas são 30 vezes melhores que as previamente disponíveis e as medidas com o espectrômetro de raios gama indicam quantidades significativas de hidrogênio na região polar sul do planeta.

Esse conteúdo, que ainda não foi adequadamente mensurado, pode indicar a presença de gelo de água na calota polar. Medidas feitas durante a viagem da sonda sugerem que a dose diária de radiação a que um astronauta seria submetido durante uma jornada ao Planeta Vermelho seria mais de duas vezes aquela suportada pelos astronautas da Estação Espacial. Os dados da cartografia marciana ainda estão chegando.

Prossegue a missão do ônibus espacial
CNN Brasil - 2 de março de 2002

O ônibus espacial Colúmbia, que partiu ontem transportando peças de reposição para o telescópio espacial Hubble, vai continuar sua missão como previsto, apesar de um problema em um dos sistemas de refrigeração. Logo após a decolagem, os engenheiros detectaram o problema e a NASA chegou a pensar em abortar a missão.

Os astronautas irão realizar cinco exaustivas saídas para o espaço a fim de instalar novos painéis solares, uma nova unidade de controle de energia, mecanismos de direcionamento mais confiáveis, um sistema de refrigeração para ressuscitar uma câmera de infravermelho e uma câmera avançada que irá incrementar em 10 vezes a capacidade do Hubble.

Devido ao trabalho pesado a ser realizado, a NASA considera esta missão de manutenção do Hubble a mais complicada já feita até hoje. Antes que a antiga unidade de energia possa ser removida, todos os sistemas do Hubble têm que ser desligados, o que acontecerá pela primeira vez em órbita. A próxima missão de manutenção do Hubble está programada para 2004 e talvez em 2010 o telescópio retorne à Terra e seja exposto ao público em um museu.

NASA tenta fazer contato com
a Pioneer 10
NASA/JPL - 2 de março de 2002

Os cientistas da NASA tentarão contactar a sonda Pioneer 10 esta semana para checar se o sinal da pequena astronave ainda pode ser ouvido, 30 anos depois de seu lançamento. Operando um dos radiotelescópios do Laboratório de Propulsão à Jato (JPL) instalado em Madri, Espanha, eles esperam repetir o feito de abril do ano passado, quando foi estabelecido um contato com a astronave depois de um silêncio de oito meses.

A Pioneer 10 foi o primeiro objeto construído pelo homem a deixar o Sistema Solar. A espaçonave atingiu sua maior aproximação com Júpiter em dezembro de 1973, quando esteve a cerca de 200.000 km, ou 1,4 diâmetros desse planeta. Ainda aproveitando seu empurrão gravitacional, ela segue agora em direção a estrela Aldebaran, da constelação de Touro.