Novidades do Espaço ExteriorAntena
 Ano III - Nº 132

O show acabou?
Space.com - 29 de agosto de 2003

Dia 27 de agosto Marte fez sua mais espetacular aproximação em quase 60.000 anos. Isso aconteceu por causa de um fenômeno chamado oposição (ocorrido no dia 28), que na realidade acontece a cada 26 meses, mas não da mesma maneira – por isso a oposição deste ano foi melhor.

Mas quem não viu Marte no dia 27 não precisa ficar decepcionado. Até o dia 2 de setembro seu brilho não se altera, e mesmo durante todo o resto do mês e também em outubro Marte permanece um astro facilmente visível a olho nu.

Este ano as "próximas atrações" serão Saturno, já visível a olho nu a partir das duas da manhã entre notáveis estrelas do firmamento (porém bem muito menos brilhante que Marte) e Vênus, nascendo entre Oeste e Sudoeste no início de novembro logo após o pôr do Sol com magnitude -3,9 (significativamente mais brilhante que Marte).

A próxima oposição de Marte será no início de novembro de 2005. Nessa ocasião Marte atingirá magnitude -2,3 (este ano foi -2,9), lembrando que na escala de magnitude quanto mais negativo mais brilhante.

Tragédia em Alcântara vista do espaço
Spaceflight Now - 27 de agosto de 2003

O satélite comercial Ikonos, de observação da Terra, capturou dramáticas imagens do "antes" e "depois" do desastre na plataforma de lançamento de Alcântara na semana passada. Enquanto concluíam os preparativos finais para o lançamento do terceiro protótipo do Veículo Lançador de Satélites brasileiro (VLS-1 V03), um dos quatro motores do veículo entrou em ignição prematuramente e uma explosão destruiu o foguete e a plataforma de lançamento, matando 21 pessoas.

O objetivo era colocar em órbita, pela primeira vez, um satélite brasileiro por meio de um veículo lançador nacional e a partir de uma base no país. Esse feito realizaria a chamada Missão Espacial Completa Brasileira. As duas tentativas anteriores de lançar o VLS-1, em 1997 e 1999, também não obtiveram êxito. O governo brasileiro estabeleceu como meta o lançamento de um novo protótipo do VLS-1 até o final de 2006.

Columbia: o relatório final
Spaceflight Now - 26 de agosto de 2003

Saiu o relatório final da comissão independente que investigou o acidente com o ônibus espacial Columbia, em 1º de fevereiro deste ano. Segundo a comissão o que causou a morte de sete astronautas é conseqüência da política protecionista da NASA e sua relutância em lidar com questões de segurança.

O relatório também aponta a causa do acidente como resultado da perda do isolamento de espuma do tanque externo do ônibus 81 segundos depois do lançamento. O problema permitiu que gás superaquecido atingisse a parte interna do revestimento de alumínio do ônibus enquanto reingressava na atmosfera terrestre.