Novidades do Espaço ExteriorAntena
 Ano III - Nº 107

A poderosa vizinhança de Júpiter
Spaceflight Now - 27 de fevereiro de 2003

Usando os sensíveis instrumentos da sonda Cassini, pesquisadores descobriram uma surpreendente nuvem de gás compartilhando a órbita de Europa, uma das luas de Júpiter. Estendendo-se por milhões de quilômetros em volta do maior planeta do Sistema Solar, a nuvem tem uma massa aproximada de 60 mil toneladas e está sendo chamada de "toro", por causa de sua forma.

Sua origem parece ser resultado de um bombardeio incomum de radiação iônica que Júpiter envia em direção ao satélite. A radiação atinge a superfície de Europa, atraindo moléculas de gelo e as dispersando ao longo da órbita do satélite. Os ENAs (do inglês Energetic Neutral Atoms) são emitidos do toróide próximo a Europa devido a interação entre íons e gases neutros.

"Surpreendentemente, a nuvem de gás de Europa pode ser comparada à gerada pela atividade vulcânica de outro satélite, Io", afirma Barry Mauk, do Laboratório de Física Aplicada da Universidade Johns Hopkins, Estados Unidos. "Mas enquanto os vulcões de Io estão constantemente expelindo material, principalmente enxofre e oxigênio, Europa é uma lua quieta, e o gás que vemos é uma conseqüência direta da superfície ser bombardeada tão intensamente".

A nuvem é também um exemplo de como Europa, mesmo a 671 mil quilômetros de Júpiter, exerce influência no campo magnético do planeta. A sonda Cassini continua seu trajeto em direção a Saturno.

O silêncio da Pioneer 10
Space.com - 25 de fevereiro de 2003

A Pioneer 10, primeira espaçonave a se aventurar além do Sistema Solar, ao que tudo indica fez sua última transmissão esta semana. Os engenheiros da NASA acreditam que o gerador de radioisótopos da sonda não mais tenha força para gerar novas transmissões para a Terra.

Após mais de 30 anos no espaço, a Pioneer 10 se cala e mergulha no reino das outras estrelas, o espaço interestelar, viajando ao sabor da Primeira Lei de Newton (inércia) a mais de 12 km/s em direção a estrela Aldebaran (Alfa de Touro).

A Pioneer 10 foi lançada em 2 de março de 1972 e tornou-se a primeira sonda a atravessar o Cinturão de Asteróides e obter fotos em close-up de Júpiter. Sua missão terminou oficialmente em 1997.

A sonda está neste momento a mais de 12 bilhões de quilômetros de casa e leva uma placa dourada exibindo a localização da Terra no Sistema Solar junto a silhueta de um homem e uma mulher.

A estrela Aldebaran fica a 68 anos-luz da Terra e a Pioneer 10 lá não chegará antes que se passem dois milhões de anos na Terra. Boa viagem, Pioneer. Leve consigo a lembrança de nossa solitária espécie.