zenite.nu
Carregando...
Diário astronômico - Arquivo de notícias

Retrospectiva 2004

 de Astronomia e Astronáutica
SpiritSpirit

04 E 25 DE JANEIRO – SPIRIT E OPPORTUNITY EM MARTE

Comaça uma nova era de exploração do Planeta Vermelho. Pela primeira vez dois exploradores da Terra caminham na superfície de Marte. O jipe-robô norte-americano Spirit (Espírito) pousou em Marte no dia 4 de janeiro, seguido pelo seu irmão gêmeo, o Opportunity (Oportunidade), que chegou no dia 25. O Opportunity está Meridiani Planum, região próxima ao equador de Marte, enquanto o Spirit explora os arredores da cratera Gusev, a aproximadamente 9,6 mil quilômetros de distância, no hemisfério oposto.

Buraco negroBuraco negro

18 DE FEVEREIRO – BURACO NEGRO DESTROI ESTRELA

Na teoria, já se sabia que os buracos negros seriam capazes de “engolir” qualquer coisa. Agora os astrônomos confirmaram que estrelas fazem parte do cardápio. Graças a dois observatórios orbitais de raios X, o Chandra (da NASA) e o XMM-Newton (da ESA), foi possível obter a primeira evidência direta de um buraco negro despedaçando e absorvendo partes de uma estrela. O buraco negro está a cerca de 700 milhões de anos-luz de distância e possui 100 milhões de vezes a massa do Sol. Ele foi flagrado destruindo uma estrela com massa similar ao nosso astro-rei.

MartePlaneta Marte

30 DE MARÇO – METANO EM MARTE

A Mars Express, da Agência Espacial Européia (ESA), encontrou metano na atmosfera de Marte. Na Terra há metano e oxigênio juntos na atmosfera. Mas em um ambiente com tanto oxigênio, como o nosso planeta, o metano seria todo convertido em água e gás carbônico. O motivo porque ele persiste é biológico. A descoberta em Marte alimenta a esperança de encontrar formas de vida ativas no planeta pois embora não haja oxigênio em grandes quantidades na atmosfera marciana, o metano ainda assim é instável, sendo portanto necessário que uma fonte o abasteça.

HubbleTelescópio Hubble

24 DE ABRIL – ANIVERSÁRIO DO HUBBLE

O Telescópio Espacial Hubble completa 14 anos em órbita (foi lançado em 24 de abril de 1990). O Hubble é um dos engenhos espaciais mais produtivos, do ponto de vista científico, de todos os tempos. Problemas em seus giroscópios podem fazer com que sua operação cesse definitivamente até, no máximo, 2007, se nenhuma missão de manutenção for agendada com urgência. Após o acidente com o ônibus espacial Columbia, em fevereiro de 2003, a NASA decidiu cancelar o envio de missões tripuladas para o Hubble.

UniversoQual o tamanho do Universo?

18 DE MAIO – O TAMANHO DO UNIVERSO

Certamente você já se perguntou qual o tamanho do Universo. Os astrônomos também – e agora eles têm uma nova estimativa. O Universo deve ter pelo menos 156 bilhões de anos-luz de extensão (em quilômetros isso daria aproximadamente o número 147 mais 21 zeros). Acredita-se que o Universo tenha cerca de 13,7 bilhões de anos de idade, portanto a luz das galáxias mais distantes viajou mais de 13 bilhões de anos até nós. Assim, o Universo teria 13,7 bilhões de anos de raio, ou 27,4 bilhões de anos-luz no total. Mas o universo se expande e a distância percorrida pela luz aumenta com a expansão, segundo um novo estudo.

TrânsitoTrânsito de Vênus

O8 DE JUNHO – TRÂNSITO DE VÊNUS

O planeta Vênus passou entre a Terra e o Sol pela primeira vez desde 1882. Mesmo sendo quase do tamanho da Terra, Vênus está muito distante para produzir um eclipse do Sol. Ele apareceu apenas como uma delicada pérola negra, deslizando lenta e suavemente sobre o esplendor do astro-rei. Apenas seis trânsitos de Vênus aconteceram desde a invenção do telescópio (em 1631, 1639, 1761, 1769, 1874 e 1882). O raríssimo evento pode ser observado do Brasil e de Portugal e se repetirá em 2012 (mas apenas para Austrália, Nova Zelândia, Japão, China e arredores). Depois só em 2117.

CassiniCassini em Saturno

1º DE JULHO – BEM-VINDOS A SATURNO

Cientistas e entusiastas da exploração espacial no mundo inteiro celebram a chegada da Cassini em Saturno. É a primeira vez que uma nave entra em órbita da jóia do Sistema Solar. Lançada em outubro de 1997, ela viajou 3,5 bilhões de quilômetros até sua inserção orbital. A partir de agora começam quatro anos de estudos do planeta e suas luas. Serão 74 voltas em torno de Saturno, incluindo 45 vôos rasantes sobre Titã, o maior satélite, e que chama a atenção por ser a única lua do Sistema Solar com atmosfera. Para Titã, a Cassini leva a sonda Huygens, que deve pousar no início de 2005.

bombardeio celesteBombardeio celeste

5 DE JULHO – ESPETÁCULO MORTAL

Ao redor da estrela Tau Ceti, na constelação da Baleia, foi encontrado um disco de asteróides e cometas semelhante ao que está em órbita do Sol. Só que a quantidade de objetos ao redor de Tau Ceti é pelo menos dez vezes maior que a encontrada aqui. Com tanto movimento na vizinhança, planetas em órbita de Tau Ceti teriam os céus abarrotados pela magnífica visão de cometas freqüentes – e seriam alvo de um bombardeio celeste constante. Seríamos afortunados por nossa vizinhança relativamente tranqüila ou o ambiente de Tau Ceti é particularmente ameaçador?

MESSENGERMESSENGER em Mercúrio

3 DE AGOSTO – RUMO A MERCÚRIO – 03/08/04

Lançada a sonda MESSENGER em direção ao planeta Mercúrio. Sigla para MErcury Surface, Space ENvironment, GEochemistry, and Ranging, ela vai primeiro sobrevoar o planeta Vênus três vezes e Mercúrio duas vezes antes de iniciar o estudo orbital de Mercúrio, em julho de 2009. Os sobrevôos de Vênus vão utilizar a gravidade do planeta vizinho para enviar a sonda em direção a Mercúrio. Os sobrevôos em Mercúrio irão refinar a trajetória para permitir que ela recolha dados críticos para planejar sua missão orbital.

GenesisAcidente da Genesis

8 DE SETEMBRO – PARTÍCULAS DO SOL

A cápsula da sonda Genesis sofreu um acidente após reentrar na atmosfera terrestre. Ela trazia amostras do vento solar, material que ajudaria os cientistas a determinar a constituição das nuvens de gás e poeira que deram origem ao Sistema Solar. Lançada em 2001, ela viajou até o ponto de Lagrange 1, a 1,5 milhão de quilômetros, onde a força gravitacional de ambos os astros se equilibra. Ali a Genesis recolheu amostras do vento solar durante 30 meses. Foi a primeira missão de coleta de material extraterrestre desde a Apollo 17. Mas no retorno o pára-quedas não abriu e a Genesis chocou-se contra o solo a mais de 300 km/h.

SpaceShipOneSpaceShipOne

4 DE OUTUBRO – O PRÊMIO X

A SpaceShipOne, primeira nave espacial particular tripulada da história, aterrissou com sucesso no deserto de Mojave, Califórnia (EUA), após realizar o segundo voo espacial em cinco dias, conquistando assim o Ansari X-Prize, ou Prêmio X. Foram dez milhões de dólares para a equipe de construtores que conseguisse, apenas com apoio financeiro privado, projetar, construir e lançar um veículo capaz de transportar até três pessoas a uma altitude de 100 km (onde por definição começa o espaço), regressar a Terra em segurança e repetir o feito com o mesmo veículo em no máximo 14 dias.

SMART-1Sonda SMART-1

16 DE NOVEMBRO – SMART-1 CHEGA A LUA

Os caças T.I.E. (Twin Ion Engines ou motores iônicos gêmeos) da série Guerra nas Estrelas eram pequenos e manobráveis em pleno espaço. A sonda da Agência Espacial Européia SMART-1 (sigla em inglês para Pequenas Missões para Investigação Avançada em Tecnologia), usa um dispositivo similar e o principal objetivo da missão é demonstrar o uso de novas tecnologias para futuras explorações planetárias. Antes de chegar a Lua, ela percorreu 332 órbitas em torno da Terra, ligando seu motor por um total de 3.700 horas. E com apenas 59 kg de seu propulsor de xenônio.

HuygensHuygens rumo a Titã

25 DE DEZEMBRO – AO ENCONTRO DE TITÃ

A sonda Huygens separou-se com sucesso de sua nave-mãe, a Cassini, e iniciou uma jornada de três semanas até Titã, a maior lua de Saturno. Ao penetrar a atmosfera da Titã, em 14 de janeiro, a Huygens terá algumas horas para realizar sua coleta de informações. Neste intervalo ela se conectará com a Cassini, que atuará como estação retransmissora para a Terra. Titã é o segundo maior satélite do Sistema Solar (maior que Mercúrio) e o único a possuir atmosfera, rica em nitrogênio e aparentemente nas condições similares às da Terra primitiva.  Fim

 

Últimas notícias
Arquivo de notícias

Como citar esta página como fonte de sua pesquisa

Segundo a Associação Brasileira de Normas Técnicas, ABNT, a forma indicada para mostrar que você pesquisou o artigo contido nesta página é:

 

As referências bibliográficas são importantes não apenas para dar crédito aos autores de suas fontes, mas para mostrar a sua habilidade em reunir elementos que constroem uma boa pesquisa. Boas referências só valorizam o seu trabalho.