zenite.nu
Carregando...
Astronáutica - Os pioneiros

O programa Venera

StatusLançamentosObjetivo
Concluído
Entre fevereiro de 1961 e junho de 1983
O planeta Vênus

Venera foi um programa espacial russo para investigar Vênus. As sondas foram planejadas para orbitar o planeta, mergulhar em sua atmosfera ou atingir a superfície. O programa foi um sucesso. Cada missão coletava novas informações e experiência, aproveitadas nas investidas seguintes (veja imagem da Venera 5).

A última das missões Venera partiu em 1983 e incluiu dois orbitadores que usaram um radar especial para penetrar na densa atmosfera e fazer o primeiro mapeamento de parte do hemisfério Norte do planeta.

PROGRAMA VENERA
Missão Lançamento Resultados
Venera 1 12/Fev/1961 Primeira sonda dirigida a Vênus. Comunicações interrompidas durante o vôo.
Venera 2 12/Nov/1965 Comunicações interrompidas em 22 de fevereiro de 1966. Passou a 24.000 km de Vênus.
Venera 3 16/Nov/1965 Impacto na superfície em 1° de março de 1966.
Venera 4 12/Jul/1967 Transmitiu informações durante 94min. Parou a transmissão antes de chegar ao solo.
Venera 5 05/Jan/1969 Pouso suave em 16 de maio. Transmitiu durante 53min durante o pouso.
Venera 6 10/Jan/1969 Pouso suave em 17 de maio. Interrompeu a comunicação antes de atingir o solo.
Venera 7 17/Ago/1970 Pouso suave em 15 de dezembro. Transmitiu 23 min de informações a partir do solo.
Venera 8 26/Mar/1972 Pouso em Vênus em 22 de julho. Transmitiu 50 min de informações na superfície.
Venera 9 08/Jun/1975 Pouso em Vênus em 25 de outubro. Fotografias e informações atmosféricas.
Venera 10 14/Jun/1975 Pouso em Vênus em 14 de junho de 1975. Fotografias e informações atmosféricas.
Venera 11 09/Set/1978 Pouso suave em 25 de dezembro. Examinou a composição atmosférica.
Venera 12 14/Set/1978 Pousou em 21 de dezembro. trouxe mais informações sobre a atmosfera.
Venera 13 14/Set/1978 Sobreviveu 2 h e 7 min numa pressão de 89 atmosferas. Enviou imagens da superfície.
Venera 14 11/Abr/1981 Pousou a 950 km sudoeste da Venera 13. A temperatura era de 465°C. Registrou descargas elétricas durante a descida.
Venera 15 02/Jun/1983 Operou em conjunto com a Venera 16, obtendo imagens de radar com resolução entre 1 e 2 km, durante 8 meses.
Venera 16 07/Jun/1983 Com instrumentos idênticos a Venera 15, mapeou cerca de 25% da superfície de Vênus.

Depois da Venera 7, todas as missões pousaram com sucesso em Vênus e cada uma permaneceu enviando dados um pouco mais tempo que a anterior. As missões Venera trouxeram as primeiras fotos do solo venusiano, detectaram relâmpagos na atmosfera, mediram a temperatura na superfície e analisaram a composição do solo do planeta, encontrando alguns tipos de rochas que são raras na Terra.  Fim


A SUPERFÍCIE DE VÊNUS vista pela Venera 13. Na imagem superior, nas cores obtidas pela sonda e, embaixo, com os efeitos atmosféricos removidos. O objeto na base da foto é parte da Venera, que neste momento suportava 460°C e uma pressão 90 vezes maior que ao nível do mar, na Terra. Créditos: Créditos: The Soviet Exploration of Venus.

GOSTOU DO ARTIGO? COMPARTILHE!    
PUBLICIDADE
Este website não tem fins lucrativos, sendo mantido pelos anúncios exibidos aos nossos visitantes. Por favor, considere nos apoiar desativando o seu bloqueador de anúncios para www.zenite.nu
 

Planeta Vênus
À luz de uma lua vermelha

Como citar o texto desta página como fonte de sua pesquisa

Segundo a Associação Brasileira de Normas Técnicas, ABNT, a forma indicada para mostrar que você pesquisou o artigo contido nesta página é:

 

As referências bibliográficas são importantes não apenas para dar crédito aos autores de suas fontes, mas para mostrar a sua habilidade em reunir elementos que constroem uma boa pesquisa. Boas referências só valorizam o seu trabalho.