Surfshark
Astronomia no Zênite
Sistema Solar

Marte do tamanho da Lua

Você já deve ter recebido o e-mail ou lido o post. Se ainda não, talvez seja só questão de tempo. Desde 2003 o boato vem se espalhando – principalmente no mês de agosto. A mensagem diz que o mundo inteiro irá ver. Marte vai ficar tão grande quanto a Lua Cheia à meia-noite de 27 de agosto. E se você perder esse espetáculo da natureza, jamais verá outro igual em vida.

Oposição de Marte
A OPOSIÇÃO  pode acontecer em diferentes pontos da órbita marciana. Nos melhores Marte pode ficar a 55 ou 56 milhões de quilômetros da Terra.

Nem tão perto

Marte é um planeta vizinho da Terra. Sua órbita é maior e envolve a órbita terrestre. Marte se move mais lentamente que o nosso mundo e por isso leva quase dois anos para completar uma volta ao redor do Sol.

Por causa disso, a cada 26 meses, aproximadamente, a Terra alcança e ultrapassa Marte. Na Astronomia, esse encontro é chamado de “oposição ao Sol” (ou simplesmente “oposição”), porque para ver Marte devemos olhar na direção oposta à nossa estrela: quando o Sol se põe no Oeste, o planeta nasce a Leste e quando é meia-noite, Marte atinge sua altura máxima no céu.

Numa oposição de Marte, esse planeta, a Terra e o Sol ficam praticamente alinhados. Mas nem todas as oposições marcianas são iguais. Como as órbitas da Terra e principalmente de Marte não são círculos perfeitos, esse encontro pode se dar a diferentes distâncias.

Tipicamente, numa oposição bem favorável, a distância entre Terra e Marte fica entre 55 e 56 milhões de quilômetros. Parece muito mas, em média, Marte fica a mais de 200 milhões de quilômetros da Terra.

Visão medonha
VISÃO MEDONHA  Para que ficasse do tamanho da Lua Cheia, Marte teria de se aproximar ameaçadoramente. Foto da Lua: Rick Fienberg; Marte: NASA / J. Bell (Cornell U.) / M. Wolff (SSI).

Cratera lunar

A melhor oposição de Marte foi em 27 de agosto de 2003 (isso mesmo: 2003). Naquela ocasião o “encontro” Terra-Marte foi a 55,7 milhões de quilômetros.

Outra dessas nem pensar – só depois do ano 2200. Por enquanto, comparando a distância de Marte de uma oposição para outra, ela só vem aumentando. Mas é claro que em ano de oposição Marte se aproxima e fica, portanto, maior. Mas quão grande?

Se imaginarmos que de um horizonte a outro contamos 180 graus na abóbada celeste, a Lua Cheia terá cerca de ½ grau de diâmetro.

Na oposição de 2003, Marte atingiu os 25 segundos de arco – isso é 72 vezes menor que a Lua Cheia (meio grau tem 1800 segundos).

Então, se Marte não chegou nem perto do tamanho da Lua na melhor das oposições, por que ficaria agora? Pergunte a quem espalhou o boato! Alguém que, no mínimo, se confundiu todo com a matemática.

A informação correta seria: “em 2003, Marte ficou com 25 segundos de arco, o tamanho de uma cratera da Lua, sendo observável com uma pequena luneta”.

Este website não tem fins lucrativos, sendo mantido pelos anúncios exibidos aos nossos visitantes. Por favor, considere nos apoiar desativando o seu bloqueador de anúncios para www.zenite.nu

Próxima oposição

A mensagem afirmando que Marte ficará do tamanho da Lua Cheia (uma bobagem sem tamanho!) continua circulando, praticamente idêntica a de 2003. É claro que corrigiram o ano. Mas só o ano, a data continua se repetindo, embora, como você pode ver na tabela a seguir, não haverá oposições em agosto por muito tempo.

A próxima oposição do planeta Marte será em 8 de dezembro de 2022. Nessa ocasião, Marte brilhará no alto do céu por volta da meia-noite, nascendo à Leste, logo após o pôr do Sol e seu diâmetro aparente será de 17 segundos de arco.

Compare com as outras oposições mostradas na tabela abaixo. O diâmetro do planeta está em segundos de arco e a distância em Unidades Astronômicas, ou U.A. (1 U.A. é a distância média Terra-Sol ou cerca de 150 milhões de quilômetros).

Oposições de Marte entre 2001 e 2020

Compare com o quadro abaixo, que exibe um histórico das oposições marcianas de 1950 a 2061. O Diâmetro do planeta está em segundos de arco e a Distância em Unidades Astronômicas (U.A.) e é possível ordenar os dados pela distância. A tabela indica também a data em que acontece a Maior aproximação (o que não coincide exatamente com a data da oposição). RADec são, respectivamente, a Ascensão Reta e Declinação de Marte na oposição.

OposiçãoRADecMaior aproximaçãoDistânciaDiâmetro
23/Mar/195012h13m+02°20'27/Mar/19500,6514,41"
1/Mai/195214h34m-14°17'8/Mai/19520,5616,8"
24/Jun/195418h12m-27°41'2/Jul/19540,4321,9"
10/Set/195623h26m-10°07'7/Set/19560,3924,7"
16/Nov/195803h25m+19°08'8/Nov/19580,4919,2"
30/Dez/196006h39m+26°49'25/Dez/19600,6115,4"
4/Fev/196309h15m+20°42'3/Fev/19630,6713,9"
9/Mar/196511h25m+08°08'12/Mar/19650,6714,0"
15/Abr/196713h35m-07°43'21/Abr/19670,6015,6"
31/Mai/196916h32m-23°56'9/Jun/19690,4819,5"
10/Ago/197121h27m-22°15'12/Ago/19710,3724,9"
25/Out/197302h00m+10°17'17/Out/19730,4421,8"
15/Dez/197505h29m+26°02'9/Dez/19750,5616,5"
22/Jan/197808h20m+24°06'19/Jan/19780,6514,3"
25/Fev/198010h37m+13°27'26/Fev/19800,6813,8"
31/Mar/198212h43m-01°21'5/Abr/19820,6314,7"
11/Mai/198415h13m+18°05'19/Mai/19840,5317,6"
10/Jul/198619h20m-27°44'16/Jul/19860,4023,2"
28/Set/198800h27m-02°06'22/Set/19880,3923,8"
27/Nov/199004h13m+22°38'20/Nov/19900,5218,1"
7/Jan/199307h19m+26°16'3/Jan/19930,6314,9"
12/Fev/199509h47m+18°10'11/Fev/19950,6713,7"
17/Mar/199711h54m+04°40'20/Mar/19970,6614,2"
24/Abr/199914h09m-11°37'1/Mai/19990,5816,2"
13/Jun/200117h28m-26°30'21/Jun/20010,4520,8"
28/Ago/200322h38m-15°49'27/Ago/20030,3725,1"
7/Nov/200502h51m+15°54'30/Out/20050,4620,2"
24/Dez/200706h12m+26°46'18/Dez/20070,5915,9"
29/Jan/201008h54m+22°09'27/Jan/20100,6614,1"
3/Mar/201211h07m+10°17'5/Mar/20120,6713,9"
8/Abr/201413h14m-05°08'14/Abr/20140,6215,2"
22/Mai/201615h58m-21°39'30/Mai/20160,5018,6"
27/Jul/201820h33m-25°30'31/Jul/20180,3824,3"
13/Out/202001h22m+05°26'6/Out/20200,4122,6"
8/Dez/202204h59m+25°00'1/Dez/20220,54417,2"
16/Jan/202507h56m+25°07'12/Jan/20250,6414,6"
19/Fev/202710h18m+15°23'20/Fev/20270,6813,8"
25/Mar/202912h23m+01°04'29/Mar/20290,6514,5"
4/Mai/203114h46m-15°29'12/Mai/20310,5516,9"
27/Jun/203318h30m-27°50'5/Jul/20330,4222,1"
15/Set/203523h43m-08°01'11/Set/20350,3824,6"
19/Nov/203703h37m+20°16'11/Nov/20370,4918,9"
2/Jan/204006h50m+26°41'28/Dez/20390,6115,3"
6/Fev/204209h25m+19°50'5/Fev/20420,6713,9"
11/Mar/204411h33m+06°56'14/Mar/20440,6714,0"
17/Abr/204613h44m-09°00'24/Abr/20460,6015,7"
3/Jun/204816h45m-24°45'12/Jun/20480,4719,8"
14/Ago/205021h43m-20°44'15/Ago/20500,3725,0"
28/Out/205202h12m+11°58'20/Out/20520,4421,2"
17/Dez/205405h40m+26°20'11/Dez/20540,5716,4"
24/Jan/205708h28m+23°27'21/Jan/20570,6514,3"
27/Fev/205910h44m+12°20'28/Fev/20590,6813,9"
2/Abr/206112h50m-02°38'7/Abr/20610,6314,8"
Doce realidade
DOCE REALIDADE  Mesmo numa oposição exepcional, Marte não passa de um ponto de luz perto do brilho extenso da Lua. Diagrama original de Sky & Telescope: Rick Fienberg.

Pense de novo

Tudo parece um sonho. Ver Marte nascendo do tamanho da Lua, com uma luz avermelhada muito mais intensa que a de um eclipse lunar total.

Mas acredite: é bem melhor realizar esse desejo a bordo de uma nave espacial a caminho do planeta. Para ficar tão grande, Marte teria de estar perto demais.

A Lua é 9 vezes mais leve e 8 vezes menos volumosa que Marte. Se o Planeta Vermelho ficasse tão grande e próximo, sua força gravitacional, somada a da Lua, ergueriam marés violentas o bastante para inundar nossas cidades costeiras duas vezes por dia. Pense de novo. Parece mais um pesadelo. Artigo de Astronomia no Zênite

GOSTOU DO ARTIGO? COMPARTILHE!    
PUBLICIDADE
Este website não tem fins lucrativos, sendo mantido pelos anúncios exibidos aos nossos visitantes. Por favor, considere nos apoiar desativando o seu bloqueador de anúncios para www.zenite.nu
 

Marte em oposição
Marte: a próxima parada
A órbita de Marte
Marte em números

Publicação em mídia impressa
• Costa, J. R. V. Marte do tamanho da Lua. Tribuna de Santos, Santos, 20 ago. 2007. Caderno de Ciência e Meio Ambiente, p. D-2.
Créditos: Costa, J.R.V. Marte do tamanho da Lua. Astronomia no Zênite, ago. 2007. Disponível em: <https://www.zenite.nu/marte-do-tamanho-da-lua>. Acesso em: 19 out. 2021.
Como citar esta página como uma fonte da sua pesquisa

Segundo a Associação Brasileira de Normas Técnicas, ABNT, a forma indicada para mostrar que você pesquisou o artigo contido nesta página é:

 

As referências bibliográficas são importantes não apenas para dar crédito aos autores de suas fontes, mas para mostrar a sua habilidade em reunir elementos que constroem uma boa pesquisa. Boas referências só valorizam o seu trabalho.