Sala de imprensa

Grande parte dos artigos de Astronomia no Zênite também foi publicada em periódicos impressos. Entre outubro de 2001, por exemplo, até janeiro de 2013, muitos textos do site foram reproduzidos (com autorização dos autores) no caderno Ciência e Meio Ambiente do jornal A Tribuna, de Santos/SP, na seção Telescópio.

Esse jornal é um dos periódicos mais antigos do Brasil, com 120 anos de edições ininterruptas. Ele circula nos nove municípios da região metropolitana da Baixada Santista, atingindo ainda o litoral norte e sul de São Paulo (São Sebastião e Cananéia-Iguape).

O caderno de Ciência e Meio Ambiente da Tribuna foi, durante quase dez anos, o maior núcleo de Jornal Escola (atualmente Programa Jornal e Educação), sendo distribuído gratuitamente em 280 instituições de ensino, num universo de mais de 80 mil estudantes de unidades públicas, estaduais e municipais, além de escolas particulares e duas universidades.

Esse programa é um projeto da Associação Nacional de Jornais (ANJ), entidade patronal que reúne os donos de jornais no País, e está implantado em 56 jornais por todo o país, atendendo mais de 17 mil escolas. Reconhecido pela Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) como veículo de divulgação científica, ele existe no Brasil desde 1991.

O objetivo do programa é oferecer aos professores uma ferramenta de apoio didático em sala de aula por meio do jornal. Além dos periódicos, os docentes recebem orientação pedagógica e participam de oficinas visando orientá-los sobre como melhor utilizar o jornal junto aos discentes.

Material didático
Diversos textos do nosso site foram escolhidos para fazer parte de livros didáticos de Ciências do Projeto Arariba e do Projeto Buriti, ambos da Editora Moderna, como também de publicações das Edições SM.

Os conteúdos de Astronomia no Zênite também já foram utilizados como referência para elaboração de questões do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem, 2011).

Reconhecimento
Desde que entrou em atividade, em 20 de julho de 1999, nosso site vem sendo reconhecido com um importante meio de divulgação científica. Nosso trabalho já foi citado em importantes veículos de comunicação. Eis alguns deles:

  • NOVA BRASIL FM  Em 2 de dezembro de 2010, dia da Astronomia, a redação da Nova Brasil FM (uma rede de emissoras presente em várias cidades do país) recomendou o Zênite como uma "viagem didática, cultural e divertida".
  • SCIENTIFIC AMERICAN BRASIL  No final de 2007, o site de uma das mais importantes revistas de divulgação científica (no Brasil e no mundo) mencionou a série de artigos preparada pelo Zênite sobre os 50 anos do voo de Laika, o primeiro ser vivo no espaço.
  • FOLHA DE SÃO PAULO  O Zênite foi um dos destaques da edição impressa de 24 de setembro de 2003 do Caderno Informática. O jornal publicou uma seleção dos melhores sites sobre Astronomia e exploração espacial, no Brasil e no mundo.
  • SUPERINTERESSANTE  Em outubro de 2002 a seção De Olho nas Estrelas da revista "Super", da Editora Abril, recomendou o Zênite como uma opção para "viajar ao espaço e conhecer o Universo".
  • CORREIO BRAZILIENSE  A edição do domingo, 7 de abril de 2002, apresentou a matéria "Ver estrelas" sobre a astronomia amadora e o trabalho do Clube de Astronomia de Brasília (CASB) onde citou o Zênite como fonte de informação sobre o tema.
  • ESTADINHO  O suplemento infantil do jornal O Estado de São Paulo (Estadão) teve a colaboração do Zênite por meio de uma série de entrevistas realizadas entre 2001 e 2002.
  • REVISTA DA WEB  Essa foi uma publicação pioneira do gênero na época. Na edição de novembro de 2000 a revista citou o Zênite como referência nacional em Astronomia na Internet.
  • DIÁRIO DE PERNAMBUCO  A edição impressa de 20 de janeiro de 2000 do mais antigo jornal em circulação na América do Sul falou do trabalho do Zênite junto à Sociedade Astronômica do Recife no acompanhamento do último eclipse lunar do milênio visível nas Américas.

Opinião do visitante
Os internautas têm sido nossos maiores incentivadores. Fato que nos deixa muito felizes e motivados, dado que o nosso trabalho vem sendo realizado de forma voluntária e sem fins lucrativos desde o início. A seguir, alguns comentários enviados pelos visitantes nesses dezesete anos de Astronomia no Zênite:


 

Fale conosco
Perguntas dos visitantes