Papelmodelismo

Ela é uma arte mundialmente conhecida. Paper models, card models ou papercraft são alguns de seus nomes. Ficaram populares no século XX, principalmente durante a Segunda Guerra Mundial, quando o papel era um dos poucos materiais que não tinham sua produção estritamente regulada.

Alguns anos mais tarde os modelos plásticos tornaram-se disponíveis e o interesse pelo modelismo em papel diminuiu. Mas depois que surgiram os computadores, impressoras jato de tinta e a Internet houve uma nova explosão dos modelos em papel.

Águia

É DE PAPEL!  Assim mesmo a qualidade dos modelos surpreende. Clique para ampliar.

No Brasil, o modelismo em geral nunca gozou de muita popularidade. Nas décadas de 1970 e 1980 o plastimodelismo teve algum impulso e era possível encontrar seções inteiras sobre o tema em lojas como a Mesbla, Lobrás ou Mappin (todas extintas).

Uma das marcas mais populares era a da empresa californiana Revell. Seus modelos eram fabricados no Brasil sob licença, e hoje são adquiridos apenas por meio de importadores.

Mas agora, com a variedade de papéis para impressão e vernizes protetores facilmente encontrados em papelarias, é hora do papercraft ganhar novo fôlego.

Muitos modelos em papel são gratuitos, tem baixo custo de montagem, proporcionam maravilhosas horas de lazer e apresentam um resultado final simplesmente impressionante (clique na foto acima).

Além disso, chama a atenção o fato de haver modelos ligados a Astronáutica (miniaturas em escala de foguetes, sondas e estações orbitais) e também Astronomia (globos planetários, observatórios etc) como nunca houve antes. Portanto, é hora de você unir seu gosto pelo espaço com suas habilidades adormecidas e pôr mãos-a-obra!  Fim

Material
LISTA DE MATERIAL  Para começar, é bom ter na mesa cola, tesoura, estiletes, régua de metal, fita adesiva e fita dupla-face, além de papeis de diferentes gramaturas (180g/m² dá conta de quase tudo). Uma base de corte protegerá sua mesa de trabalho e um verniz para papel vai aumentar a durabilidade da sua obra. Não esqueça a impressora!


PRIMEIROS PASSOS

Para quem está começando, sugerimos este modelo do 14 Bis, de Santos Dumont. A página recortecole.com.br (link abaixo) também contém diversos outros modelos, bem fáceis de montar:

 

AOS INICIADOS

Se você já conseguiu montar pelo menos um modelo sem dificuldade, é hora de seguir adiante:


NÍVEL INTERMEDIÁRIO

Mais peças para montar exigem mais paciência e atenção, mas você está no caminho certo:

 

MAIOR DIFICULDADE… RESULTADOS INCRÍVEIS

Agora algumas sugestões para quem já adquiriu experiência. Beleza e alta qualidade estão aqui:

 

 

O Sistema Solar no Parque
Observação do céu

» Como usar o texto desta página como uma fonte de sua pesquisa? show