Johann Gottfried Galle

Galle

Johan Gottfried Galle (1812-1910).

Nascido há exatos 205 anos, Johan Gottfried Galle foi um astrônomo alemão que, em 1846, tornou-se a primeira pessoa a observar o planeta Netuno.

Munido dos cálculos feitos por Urbain Le Verrier, e auxiliado por Heinrich Louis d’Arrest, Galle identificou Netuno precisamente onde Le Verrier havia previsto que estaria.

E assim, esse astro se tornou o primeiro mundo cuja existência foi prevista antes de sua observação direta.

Galle foi membro da equipe do Observatório de Berlim, onde atuou como assistente de direção sob Johann Franz Encke, de 1835 até 1851.

Ele estudou os anéis de Saturno e sugeriu um método, mais tarde bem sucedido, para medir a escala do Sistema Solar observando a paralaxe de asteroides.


VISITANDO NETUNO  A espaçonave Voyager tirou essa foto de Netuno em 1989.

Galle também descobriu cometas, compilando um catálogo com 414 deles, e propôs um método para calcular com exatidão a distância do Sol. De 1851 a 1897 ele foi diretor do Observatório da cidade de Breslau (hoje Wroclaw).

Nesse observatório ele tratou da determinação exata das órbitas planetárias, desenvolveu métodos para calcular o auge das auroras boreais e a trajetória de meteoros.

Também se preocupou com problemas relacionados ao campo magnético da Terra e à climatologia. No total, publicou mais de 200 trabalhos.

Galle viveu até longínquos 98 anos e foi homenageado com seu nome em duas crateras, uma na Lua e outra em Marte.  Fim

 
 
 

Planeta Netuno
Giovanni Cassini

» Como usar o texto desta página na sua pesquisa? show