Astronomia do erro

Os astrônomos

A ciência não costuma fazer parte das conversas no cotidiano das pessoas; não como a política, os esportes ou as religiões. Os cientistas são considerados seres humanos mais inteligentes, não raras vezes estranhos, obstinados em descobrir e inventar coisas.

Como será que eles enxergam a natureza? Como elaboram as leis e tratados que estudamos na escola? Como conseguem chegar às descobertas?

Fazer ciência não é privilégio daqueles que frequentaram as aulas de pós-graduação nas universidades. A simples observação da natureza é o primeiro passo para compreendê-la.

E por inúmeras vezes, interpretações errôneas de fenômenos naturais conduziram o Homem a importantes acertos na história da ciência. Senão, vejamos alguns exemplos…


A estranha órbita de Mercúrio
Tinha de haver alguma explicação simples para aquele movimento.
Uma lua para Mercúrio
Interpretar uma informação é bem mais difícil que obtê-la.
Neith, a misteriosa lua de Vênus
Muitos conseguiam vê-la, ninguém era capaz de explicá-la.
A Terra e suas luas
Será que eles estavam completamente enganados?
A escuridão e a chuva de estrelas
Teria mesmo o Sol desaparecido naquele dia? E como foi que o céu desabou?
Os segredos de Marte
Mesmo sendo o mais visitado, o Planeta Vermelho continua sendo desafiador.
O fantástico planeta X
O pequeno Plutão tinha de ser apenas um intrometido entre gigantes.
Nêmesis, a estrela da morte
A isolada companheira do Sol seria o nosso algoz.
O preto sagrado
O espaço é negro. Mas não deveria ser assim.
Decifrando a luz
Um grande sucesso da ciência e o elemento químico que nunca existiu.
A caixa preta da natureza
Será que podemos realmente descobrir o que se passa no universo?

 

Astronomia no Brasil
Os astrônomos