Astro-escala

Em comparação com outras estrelas dizemos que o Sol é uma estrela anã. Mas, na prática, diante do nosso mundo, não há nada de pequeno no Sol. São quase um milhão e quatrocentos mil quilômetros de diâmetro, contra os cerca de 13 mil quilômetros do diâmetro da Terra.

O Sol tem mais de 100 vezes o diâmetro da Terra e 10 vezes o de Júpiter. As labaredas solares poderiam facilmente engolir a Terra, incinerando nosso mundo num instante – se estivéssemos perto o bastante. Mas a Terra fica a 150 milhões de quilômetros do Sol. Parece bem longe, e é mesmo seguro para a manutenção da vida… Mas, de novo, na prática, estamos “coladinhos” no astro-rei.

Terra e Lua em escala de tamanho e distância
EM ESCALA  Terra e a Lua numa representação que respeita as dimensões e a distância entre os astros. A linha amarela representa as possíveis variações de distância, pois a órbita não é circular.

Modelo de Urano
URANO em um modelo em escala na cidade de Peoria, Illinois, EUA.

Calculadora especial
COMO É QUE PODE? Parece difícil de entender. Então, que tal construir uma maquete? Um modelo em escala do Sistema Solar, que respeite os tamanhos e as distâncias entre os planetas e o Sol?

Na verdade você pode construir vários tipos de modelos. Um comparando os tamanhos e outro as distâncias entre os planetas e o Sol, por exemplo. Pode optar por um único modelo para tamanho e distância, mas nesse caso sua “miniatura” do Sistema Solar vai precisar de muito espaço ao ar livre. Dependendo do tamanho do Sol que adotar, pode ser que Plutão fique pequeno demais ou longe demais para ser representado.

Também pode ser que você deseje apenas comparar alguns planetas, para que caibam no seu quarto. A escolha é sua, já que a limitação será mesmo de espaço. Mas para calcular os tamanhos e distâncias do seu modelo em escala você precisará de uma calculadora especial, como a que fornecemos nesta página.

Modo de usar
O ÚNICO CAMPO EDITÁVEL na calculadora (abaixo) é o que está destacado na cor cinza, o diâmetro do Sol em milímetros. Digamos que você digite 500. Com isso estará dizendo que o Sol terá 50 centímetros de diâmetro no seu modelo (o mesmo que 500 milímetros).

A calculadora responderá que, comparado com esse tamanho de Sol, a Terra terá apenas 4,5 milímetros de diâmetro (cerca de meio centímetro) e deverá ser posicionada a quase 54 metros para respeitar a distância real (média) entre os dois astros.

Você pode testar valores até que eles atinjam seu objetivo. Por exemplo, se quiser representar apenas a Terra e a Lua em escala, um Sol com 18 metros de diâmetro (o mesmo que 18.000 mm) resultará numa Terra com cerca de 16 cm de diâmetro (164,9 mm) e uma Lua de praticamente 4,5 cm (44,9 mm ou 4,49 cm) – que para respeitar a distância deve ficar a 5 m (4,965 m). Ou seja, Terra e Lua cabem numa sala de aula.

Naturalmente, quanto maior o diâmetro escolhido para o Sol, maior o tamanho e a distância entre os planetas. Um Sol maior facilita a representação dos diâmetros comparativos, mas dificulta a representação de distância. Uma dica é desenhar apenas uma seção do Sol (ou até mesmo omiti-lo, no caso de um modelo que apenas compare os planetas).

Outras informações da calculadora poderão ser úteis para ilustração, ainda que um modelo ao ar livre não seja montado. Por exemplo, para o Sol com 1,5 m de diâmetro (1500 mm), o planeta Netuno ficaria a quase 5 km de distância (a calculadora fornece 4849,378 m), a velocidade da luz seria de 323 milímetros por segundo (aproximadamente 32 cm/s) e um ano-luz teria mais de 10 mil quilômetros.

Nessa mesma escala a estrela mais próxima do Sol, Proxima Centauri, ficaria a mais de 43 mil km, enquanto a gigante Antares, de Escorpião, teria mais de 400 m de diâmetro. A calculadora ainda mostraria incríveis 61172929 km de distância de Antares até nós. Preste atenção nesse número: são mais de 61 milhões de quilômetros – quase a distância verdadeira entre a Terra e Marte!

É claro que não há como representar tal distância na prática. Na verdade fica difícil somente imaginá-la, mas essa também é a ideia de nossa astro-escala: fazer-nos refletir sobre nós mesmos, compreendendo melhor as dimensões no Universo, onde a maior parte de tudo é simplesmente o nada.  Fim

 

Unidades astronômicas
O novo Sistema Solar
Encontro com as estrelas

» Referências (fontes consultadas):
• Build a Solar System. In: Exploratorium. Disponível em <http://www.exploratorium.edu/ronh/solar_system/>. Acesso em 16 ago 2008.

» Publicação em mídia impressa:
• Costa, J. R. V. Construindo um Sistema Solar em miniatura. Tribuna de Santos, Santos, 15 set. 2008. Caderno de Ciência e Meio Ambiente, p. D-4

» Como usar o texto desta página na sua pesquisa? show